top of page

REGME: Suas plantas hidratadas. Simples assim.

Atualizado: 27 de out. de 2023




O REGME nasceu para solucionar um problema que, de acordo com nossas pesquisas, é super comum. Não tem planta que sobreviva sem água. OK, você pensou em um cactus, mas até ele bebe, pouco, mas bebe!


As pessoas viajam e as plantas ficam! Como adaptar a horta ao nosso dia a dia? Como buscar conviver com hortas, pomares, flores em nosso cotidiano independente do espaço e tempo?


Como nosso sonho é ver todo mundo plantando, nossa missão é encontrar soluções para isso. E então o REGME nasceu.


Produzido em PLA (Ácido Poliático), um polímero termoplástico, produzido a partir do ácido láctico fermentado a partir de culturas, no caso do REGME de milho. Ou seja, é biodegradável, reciclável e até mesmo compostável. Em comparação aos plásticos convencionais, que demoram de 500 a 1000 anos para se degradarem, o PLA ganha em disparada, pois sua degradação leva de seis meses a dois anos para acontecer.  Degrada-se em torno de 24 meses enterrado ou em 48  em água, o que é um tempo bem inferior quando comparado às centenas de anos dos outros plásticos.



Simples, adaptável, o usuário pode inventar como usar! Escolha o recipiente de cultivo e “esconda” um REGME entre os vasos com a mangueira conectada a um reservatório a sua escolha.


Vai viajar? Conecta o REGME em um balde! Kkkkk, mas é isso mesmo, salve a planta!


Como nasceu essa ideia


Márcia Carneiro, fundadora do Quintal Urbano, na faculdade de Design de Produto, projetou diversos equipamentos hidropônicos de cultivo de plantas ornamentais e alimentícias, sendo um deles seu trabalho de conclusão do curso (TCC). Também Administradora de Empresas, com especialização em marketing e gestão financeira, Márcia, foi sócia fundadora do Bureau de Estratégias, empresa que durante 14 anos, foi a agência de marketing e design da Isla sementes, onde aprendeu muito sobre formas de cultivo, e sobre os perfis das pessoas que cultivam ou gostariam de cultivar. E assim, conectar as pessoas com a natureza, além de ser a missão da Isla após o planejamento estratégico realizado, entrou também na sua lista de propósitos pessoais.


Devido a sua experiência e aos projetos divulgados academicamente, ela recebeu o convite da organização do evento PlastCoLab para expor algum de seus equipamentos e desenvolver um workshop com foco em sustentabilidade, na edição que iria ocorrer no Iguatemi Porto Alegre.


O evento foi uma iniciativa da Brasken, inspirada no movimento maker, que proporcionou atividades como exposições, oficinas e workshops, que evidenciaram a versatilidade do plástico e seu potencial de transformação. Para isso, construiram um cubo em estrutura metálica e vidro, igual ao icônico brinquedo cubo mágico, com 9x9x9 metros! Um super makerspace pop-up que oferecia experiências gratuitas ligadas à inovação, à criatividade e ao conhecimento. O evento parou a Avenida Paulista em São Paulo, e agora viria para o estacionamento do shopping Iguatemi em Porto Alegre.



O briefing era realizar algum workshop que envolvesse o plástico e cultivo de plantas. Não dava para ser algo complexo, eram 3h no máximo. Ela pensou na segunda principal dor de quem planta em apartamentos: a rega (a primeira é iluminação). Lembrou de uma mini bomba que gostaria de testar o potencial e estava no porta lápis da sua mesa. Neste momento pensou no seu colega de faculdade Rodrigo Cunha, que possuia uma impressora 3D, é professor de robótica e técnico em micro eletrônica. Rodrigo sempre foi seu parceiro no munto "smart" dando o caminho das pedras para construção do seu conhecimento em arduino, sensores e o mundo maker como um todo. Ligou para o colega e fez o perguntou: " Recebi um convite, preciso da tua parceria, vem comigo? Vamos criar uma bombinha pro pessoal irrigar os vasos captando de um mini tanque, pequeninho, ai vai pouco filamento e demora pouco pra imprimir? Podemos propor um workshop sobre produtos inteligentes e prototipagem. Eles vão pagar todos os nossos custos de peças, hora de produção e horas de workshops. Temos que trabalhar neste final de semana para apresentar uma proposta em cinco dias. Bóra?" Ele topou e os rabiscos e testes começaram, tudo de forma virtual, pois moram em cidades diferentes, próximas, mas separadas pelo lago Guaíba.


Nossos testes funcionaram. A proposta foi aceita e preparamos 20 unidades para 2 workshops. "Rodrigo imprimiu os 20 no quarto em casa", conta Márcia. "Contratamos um cara para fazer as microsoldas e montamos. Rodrigo programou o firmware, ficou super prático e funcional. Utilizamos equipamentos hospitalares para as mangueiras e gotejos, pois eram os mais discretos que os de irrigação na época.


Como Funciona


O REGME é um dispositivo que rega as plantas domésticas em ambientes internos de forma automatizada. O dispositivo é bem pequenininho para ficar escondido entre as folhagens. O produto é composto pelo dispositivo (4x3x2cm), 3 válvulas de gotejamento (ou seja, você pode colocar em 3 vasos ao mesmo tempo), mangueira de silicone (bem discreta para ser mimetizada também entre as plantas) e carregador. você vai precisar de um celular, mas não precisa de internet. Isso porque o REGME gera sozinho a sua própria rede wifi. É só encontrar a rede REGME, conectar que o aplicativo aparecerá (sem usar nenhum espaço do seu celular) e você poderá escolher o intervalo, período e potência da bomba de irrigação.


Qual o passo a passo para usar o REGME


Você corta as mangueiras de acordo com a distância dos vasos e instala as válvulas. Coloca o REGME próximo, instala a mangueira que vai puxar a água do reservatório e liga na energia. Você vai precisar de um reservatório de água, e ai entra a customização! Caso você use uma garrafa PET por exemplo, você poderá decora-la com cordas, ou tinta, enfim, mil possibilidades. O reservatório também pode ser uma garrafa diferentona, pode ser um jarro de cerâmica retrô, enfim qualquer objeto que acondicione líquidos. Se você for viajar, por exemplo, pluga o REGME em um balde com bom volume e garanta que as plantas estarão vivas na sua volta. Depois de tudo instalado chegou a hora de calibrar o REGME para as necessidades de suas plantas. Encontre a rede wifi, clique no IP e será direcionado ao aplicativo para escolher o período de irrigação, calibre as válvulas de acordo com a necessidade de cada planta. Pronto, agora é manter o reservatório com água, o ideal é escolher um que aguente no mínimo 7 dias. Para 3 plantinhas (se não forem beberronas como a alface e não for um verão de 30 graus) uma garrafinha de 750ml dá conta do recado. Vá observando e calibrando o REGME conforme a necessidade das suas plantas.


A oficina foi um sucesso, todos os participantes levaram mais conhecimento e o seu Regme para casa.


O Quintal Urbano seguirá trabalhando para evoluir o produto e vender o kit para quem tem uma impressora 3D, você mesmo poderá imprimir o seu e montar com as peças enviadas! E como temos certeza que nem todo mundo é um maker, o Quintal Urbano vai vender pronto pra uso!



Desejamos bons cultivos e boas colheitas pra você!








108 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page